• Cobramor

Danse Macabre



contra a ordem vigente

apenas me sento

indolente

sob o céu cinzento


a soberania animal

perfeita na transcendência

do ritmo maquinal

e mortífero


as entranhas

ainda estranhas

à eternidade

que neste mundo inferior

apenas se vislumbra no interior


a miséria desta nossa matéria

cuja receita

tanto me deleita:

ter o mesmíssimo elemento

de um só fragmento

de qualquer supernova


aceito assim

certezas e esperança

sem fim

nesta funesta dança

das trevas