• Cobramor

Cenas imbecis que me perguntaram em entrevistas de emprego e as respostas que devia ter dado



- Onde é que se vê daqui a cinco anos?

Na prisão por homicídio qualificado de colegas idiotas e superiores estúpidos.


- Três qualidades e três defeitos?

Não tenho paciência para perguntas idiotas, digo tudo o que penso e tenho orgulho em ambos.


- Porque quer mudar de trabalho?

Porque cheguei ao ponto em que já não consigo fingir bem o suficiente que gosto do que faço no sítio onde estou e preciso de enganar outros.


- Como é o seu dia-a-dia?

Um longo exercício criativo na procura de novas maneiras de não me aborrecer de morte no trabalho enquanto respiro fundo para não usar vernáculo cada vez que falam comigo.


- Porque acha que devemos contratá-lo?

A julgar pelo que estou a ver à minha frente, era uma melhoria substancial.


- Fale-me um pouco de si.

Gosto de me masturbar em casas de banho de escritórios empresariais enquanto carrego a minha semi-automática e vejo o tempo passar.


- Que experiência tem?

Enviei o CV precisamente para não me perguntarem o que lá está escrito.


- O que procura num emprego?

Uma maneira de me vingar de tudo o que tive de passar nos meus empregos anteriores enquanto recebo um salário miserável que jamais vai pagar o terço da minha vida que desperdiço aqui.


- O que o levou a enviar o CV para nós?

Uma mistura de desespero e esperança mas ambos sabemos que se pode enganar algumas pessoas algum tempo mas não todas as pessoas o tempo todo.


- O que faz nos tempos livres?

Magia negra e saudações nazis.