DESTILAÇÃO


Gosto de pensar em mim como o equivalente da escrita, a uma banda de garagem. Se nunca tiver um contrato e passar a vida a editar demos, tudo bem.
A paixão precisa de ser materializada.
Continuo a escrever porque não sei que outra coisa fazer para me aproximar da eternidade, porque tudo o resto não me basta.
Bem ou mal, é a minha odisseia.

Entre em contato
IMG_4001.JPG